Bovespa opera de lado; ações da Petrobras ditam direção

O índice Ibovespa opera novamente de lado hoje, basicamente com duas travas: quedas nas Bolsas de Nova York e o vencimento de opções sobre ações, que acontece na próxima segunda-feira, mas já mexe com os negócios, segundo um analista. O índice já atingiu a mínima de -0,70% pela manhã, mas também chegou ao terreno positivo, com +0,15%, em ambas as movimentações puxado por Petrobras. Às 12h02, a Bovespa registrava queda de 0,09% a 36.518 pontos. A blue chip do mercado está volátil, e já oscilou entre uma perda de 0,49% a uma alta de 0,74%. Por volta do meio-dia, caía 0,12%. Além da trava do vencimento, Petrobras também segue pressionada pelos preços do petróleo, que voltaram a cair hoje: a baixa era de 0,34% no contrato do barril futuro para outubro na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), cotado a US$ 63,75. A Petrobras também divulgou uma nota em que manifesta "inconformidade" diante de decisão do governo boliviano que dá à empresa de petróleo e gás local, a YPFB, o direito proprietário por essas commodities naquele país. Segundo a Petrobras, a decisão compreende a apropriação dos fluxos de caixa da empresa pela YPFB, o que colocaria "em risco a manutenção dos financiamentos já contratados pela empresa e, em conseqüência, a manutenção normal de suas atividades. Vale destacar, no entanto, que em matéria de receitas, a participação da Bolívia é praticamente irrisória para a gigante brasileira. O lado negativo do mercado hoje mescla elétricas e commodities: Braskem, CSN e Usiminas, além de Petrobras ON. Os investidores continuam de olho nas cotações desses insumos, que ensaiavam alta hoje cedo em reação a relatório do FMI, que reviu ligeiramente para cima suas projeções para o crescimento mundial nos próximos dois anos, assim como a previsão de crescimento sustentado na Ásia. Ainda não há, entretanto, reação de compra nas ações brasileiras. As altas do Ibovespa, por sua vez, continuam com Telemar ON, na liderança, com rumores de que os controladores conseguirão fazer a reorganização da empresa da maneira que propuseram. Outras teles também sobem, como Telemar PN, BRT Participações ON e Telesp. Vale do Rio Doce ainda sustentava os ganhos (+0,03%) acompanhando movimento de valorização de mineradoras em bolsas estrangeiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.