Bovespa oscila mas mantém sinal positivo

Ações de varejo e produtoras de insumos impulsionam alta da Bolsa

Agência Estado ,

31 de janeiro de 2011 | 13h12

A Bovespa abriu o ultimo pregão de janeiro em alta, buscando reduzir as perdas que acumula neste primeiro mês do ano. No meio da tarde a Bolsa passou a oscilar, mas ainda mantem o sinal positivo. Ações de varejo, que vêm sendo penalizadas pela perspectiva de retração do crédito e aumento de juros, hoje sobem, embora o cenário continue pessimista, e beneficiam o Ibovespa, que também é impulsionado pelas produtoras de insumos.

Às 15h36, o Ibovespa subia 0,34%, aos 66.925 pontos.

Usiminas ON subia 6,19%, encabeçando as maiores altas do índice, lista na qual também figurava Usiminas PNA (+4,49%). Gerdau PN avançava 2,38%, Metalúrgica Gerdau ganhava 2,44% e CSN subia 1,41%.

Segundo o operador de mesa da Um Investimentos, Eduardo Camargo Oliveira, investidores têm optado pelas produtoras de commodities, uma vez que o cenário para as empresas mais voltadas ao mercado doméstico, especialmente as construtoras e empresas ligadas ao consumo, permanece negativo.

Favorecem as siderúrgicas brasileiras, na opinião de Oliveira, a redução do volume de aço importado. "O aumento do carvão e do coque metalúrgico em decorrência das chuvas na Austrália, elevou o custo das siderúrgicas estrangeiras, beneficiando as empresas locais", explicou.

Também figuravam na lista de altas do Ibovespa Lojas Renner ON (+2,35%.

Já entre as maiores quedas, destaque para TAM PN, que recuava 5159%. Investidores reagem à notícia de que o tribunal antitruste do Chile (TDLC) decidiu suspender o processo de fusão entre a companhia área local LAN Airlines e a brasileira TAM, à espera de uma investigação pedida pelo grupo em defesa do consumidor National Consumers Corp., informou o jornal chileno La Tercera no último sábado, conforme nota publicada hoje. A investigação pode demorar oito meses, segundo o jornal. A concorrente Gol cedia 1,39%.

Petrobrás PN subia 1,69%, enquanto a ação ON da estatal ganhava 2,28%, em dia de forte alta do petróleo no exterior.

Já Vale PNA tinha valorização de 0,37% e ON subia 0,74%.

Texto atualizado às 15h36.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.