Bovespa passa a subir e tenta defender os 50 mil pontos

A Bovespa ainda defende o patamar dos 50 mil pontos e chega ao final da manhã desta quarta-feira, 21, renovando as pontuações máximas da sessão, amparada pelos ganhos nas ações de Petrobras e Vale, depois de uma abertura em queda sob a influência dos mercados internacionais. Contudo, a cautela dos investidores antes da divulgação da ata da reunião de julho do Federal Reserve, à tarde, limita o fôlego de alta dos negócios locais.

OLÍVIA BULLA, Agencia Estado

21 de agosto de 2013 | 11h37

Às 11h15, o Ibovespa subia 0,27%, aos 50.645,37 pontos, depois de subir 0,65%, aos 50.835 pontos, no nível mais alto da sessão. Na mínima, o índice à vista cedeu 0,39%, aos 50.311 pontos. No mesmo horário, em Wall Street, os índices Dow Jones e S&P 500 recuavam 0,36% e 0,31%, nesta ordem.om)

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaFed

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.