Bovespa reforça alta após abertura de NY

Às 12h33, o índice Bovespa (Ibovespa) tinha alta 2,89%, aos 59.871 pontos   

Sueli Campo, da Agência Estado,

21 de maio de 2010 | 10h12

Após seis pregões seguidos de baixa, em que perdeu 10,78%, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu oscilando entre os terrenos positivo e negativo hoje. Segundo especialistas, como a Bovespa já caiu muito - a desvalorização neste ano já chega a 15,16% - muitos investidores avaliam que o mercado de ações brasileiro teria chegado ao fundo do poço. Ou seja, estaria dando ponto de compra. Às 12h33, o índice Bovespa (Ibovespa) tinha alta 2,89%, aos 59.871 pontos. Na máxima até agora, o índice subiu 3,13%, para 60.015.

Em Nova York, o Dow Jones siubia 0,66%, o Nasdaq avançava 1,18%, na máxima do dia e a Styandard & Poor´s 500 apontava aumento de 1,13%.

Com uma agenda esvaziada no Brasil e nos EUA, as atenções hoje convergem para a reunião de ministros das Finanças da União Europeia que discutem em Bruxelas medidas para a sustentação do euro. Eles devem discutir a proibição decidida unilateralmente pela Alemanha esta semana, de proibir vendas a descoberto de bônus europeus, CDS e ações dos 10 maiores bancos do país.

(Nota atualizada às 12h33)

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasBovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.