Bovespa registra ganho de 1,47%; Arcelor dispara 9%

O Ibovespa reforça o ritmo de ganho. Às 13h25, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) tinha valorização de 1,47%, a máxima do dia até então, aos 44.576 pontos. As ações da Arcelor Brasil, que tiveram o início de suas negociações adiado a pedido da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), disparavam e registravam alta de 9,80%. A CVM divulgou hoje ofício com as novas determinações sobre a oferta pública de ações da empresa. Os papéis da Companhia Siderúrgica Nacional subiam 3,66% e os Vale do Rio Doce avançavam 3,52%. As ações da São Martinho, a segunda empresa do setor sucroalcooleiro (após a Cosan) a abrir capital, começaram a ser negociadas na Bovespa hoje e avançavam 5,33%. Do lado das baixas, apenas cinco empresas operavam no vermelho: Eletropaulo (-1,89%), Centrais Elétricas Santa Catariana (1,28%), NET (-0,86%), Transmissão Energia Elétrica Paulista (-0,34%) e Submarino (-0,29%). Hoje a Petrobras divulgou lucro recorde em 2006 e os papéis da companhia oscilam. Às 13h26, as ações preferenciais (sem direito a voto) tinham alta de 0,38% e as ordinárias (com direito a voto) subiam 0,59%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.