Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bovespa se mantém em alta

Às 12h05, o Ibovespa registrava valorização de 1,38%, aos 65.149 pontos

Beth Moreira, da Agência Estado,

31 de agosto de 2010 | 11h58

A Bovespa opera em alta nesta terça-feira, recuperando-se da queda de mais de 2% registrada ontem, beneficiada pelo bom humor do mercado internacional, após a divulgação de dados econômicos favoráveis nos Estados Unidos. Os ganhos se potencializam com a recuperação dos papéis da Petrobrás. Vale e bancos também são destaque de alta.

 

Às 12h05, o Ibovespa registrava valorização de 1,38%, aos 65.149 pontos, após alcançar a máxima de 65.115 pontos (+1,33%) e a mínima de 64.202 (-0,09%). O giro financeiro era de R$ 1,41 bilhão, com previsão de R$ 4,83 bilhões para o fechamento. No mesmo momento, o Dow Jones registrava alta de 0,45%, enquanto o S&P 500 subia 0,36%.

 

Operadores destacam a alta do índice de confiança do consumidor norte-americano do Conference Board, que subiu para 53,5 em agosto, de 51 em julho. A previsão dos economistas era de que o índice ficaria em 51. O índice de situação presente, que mostra a avaliação dos consumidores em relação às atuais condições econômicas, caiu para 24,9 em agosto, de 26,4 em julho (revisado de 26,1).

 

Além da melhora do humor no mercado externo, a recuperação dos papéis da Petrobrás ajudam a sustentar a valorização do Ibovespa. Os papéis PN sobem 1,41% e ON avançam 0,45%. Apesar da valorização, vista desde o início do pregão, operadores ressaltam que as ações da estatal andam voláteis por conta do processo de capitalização da empresa. "Estamos vendo muitas pessoas físicas entrando no papel, mas sem volume, o que nos leva a descartar que essa melhora seja uma tendência para as ações", explica um profissional.

 

Vale PNA sobe 1,47% e ON avança 1,43%. As siderúrgicas também sobem: Gerdau (+1,03%), Gerdau Metalúrgica (+1,17%), CSN (+0,82%), Usiminas PNA (+0,84%) e Usiminas ON (+0,84%).

 

Bancos

 

O setor financeiro é outro destaque de alta. Itaú Unibanco sobe 2,23%, Itaúsa em alta de 2,42%, Bradesco avança 2,23% e Banco do Brasil opera com ganhos de 2,31%, sendo as três últimas ações entre as maiores altas do Ibovespa. O chefe de análise da Modal Asset Management, Eduardo Marques Roche, acredita que o grande potencial de upside (valorização) desses papéis está chamando novos investidores para o setor.

 

As units do Santander, que foram incluídas na terceira prévia da carteira teórica do Ibovespa, que será válida para o período de setembro a dezembro deste ano, divulgada hoje pela Bolsa, sobem 1,98%.

 

As ações da Marfrig sobem 3,14%, com giro de R$ 21,9 milhões e previsão de R$ 78,8 milhões para o fechamento do pregão, após serem incluídas na terceira prévia da carteira teórica do Ibovespa. A prévia divulgada esta manhã pela Bolsa também confirma a entrada das ações ordinárias da incorporadora Brookfield, que avança 0,65%.

 

As maiores altas do Ibovespa são dos papéis da MRV, que sobem 3,32%. Na sequência aparecem TIM PN (+2,88%), GOL (+2,93%), Ambev (+2,64%) e Telesp PN (+2,56%).

 

Entre as maiores baixas do índice figuram papéis de empresas de energia, que hoje devolvem ganhos registrados nos últimos dias. Entre elas Cemig (-1,95%), Light (-0,76%), Copel (-0,33%), CPFL (-0,34%).

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaValePetrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.