Bovespa segue NY e tem pequenas oscilações

Os investidores da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operam atentos ao mercado de ações de Nova York e com pequenas oscilações, buscando alguma acomodação após as altas recentes. Às 16h45, a bolsa paulista perdia 0,52%, aos 45.392 pontos. O giro financeiro está em R$ 3,43 bilhões. Na lista de principais altas, destacam-se as ações ordinárias (ONs) de teles: TIM ON + 4,02%, Telemar ON + 2,88% e Brasil Telecom Participações ON + 1,69%. O mercado está repleto de conversas sobre o futuro das empresas. A notícia de hoje, já desmentida, foi de uma oferta da Orascom Telecom pela fatia do Citi na BRT. A empresa egípcia já negou a medida, mas como o mercado aguarda por novidades para essas empresas, as compras no setor continuam. Acompanhando a queda maior do Bovespa, as preferenciais (PNs) da Petrobras reduziram a alta e subiam 1,39%. Vale PNA comanda os giros, com R$ 444 milhões e queda de 1,13%. As siderúrgicas, que subiram muito ontem, também passam por correção. Usiminas preferencial classe A (PNA) 9 caía 0,87% e CSN On perdia 1,74%. No lado das quedas, Arcelor Brasil ON lidera, com -5,72% cotada a R$ 47,14. O colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) decidiu aceitar o recurso apresentado pelo grupo siderúrgico Arcelor Mittal e mudar o critério de definição do preço a ser pago pelas ações de minoritários da Arcelor Brasil. Embora tenha aceitado o critério proposto pela Mittal, a CVM definiu o preço da oferta pública de ações bem acima do que queria o grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.