Bovespa segue queda das bolsas externas e cai 1,52%

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanha o comportamento negativo das bolsas internacionais e registra queda desde os primeiros negócios. Às 12,48 o principal índice da Bolsa paulista, o Ibovespa, caía 1,52%, aos 41.367 pontos. O giro financeiro era de R$ 711 milhões e projetava R$ 2,87 bilhões para o final do dia. Os papéis da Petrobras voltavam a perder hoje com a retração do preço do petróleo em Londres e Nova York. Além disso, a volatilidade dos preços das commodities metálicas também influenciava negativamente os papéis da Companhia Vale do Rio Doce. A maior queda do índice era verificada nas ações da Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR), que recuavam 6,04%. Os papéis refletem a decisão do governo de suspender o processo de privatização de um lote de sete rodovias federais. Dentre as altas, as ações de cinco empresas subiam: Perdigão, Souza Cruz, Tele Norte Leste, Sabesp e TAM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.