Bovespa sobe 0,36%; volume está distorcido por leilão

O índice Ibovespa da Bolsa de Valores de São Paulo desacelerou a alta no início da tarde, em mais um pregão de volume fraco. A expectativa do mercado ainda se concentra na reunião do Fed (banco central americano) de amanhã, sobre juros. Até ser anunciada a decisão (amanhã à tarde), o apetite para os negócios no mercado de ações tende a ser reduzido. O Ibovespa subia 0,36% às 14h35, aos 34.499 pontos. Na máxima do dia, foi a 1,31%. O giro financeiro soma R$ 2,19 bilhões, mas contempla o R$ 1,19 bilhão ofertado pela companhia colombiana Interconexión Eléctrica (ISA) para adquirir a Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Cteep) em leilão realizado esta manhã na Bovespa. Os negócios à vista somam, portanto, R$ 1 bilhão aproximadamente. A ISA fez uma oferta de R$ 38,09 por lote de mil ações, o que representou um ágio de 57,98% sobre o valor mínimo estipulado para a venda da Cteep, de R$ 24,11 o lote. O tamanho do ágio surpreendeu positivamente os investidores e deu a direção de alta aos papéis. As ações preferenciais da Cteep lideram os ganhos do Ibovespa, com alta de 8,60%. O papel ordinário da companhia sobe 18,33%, para R$ 28,40. Cesp PN caía 0,11%, a empresa deverá ser capitalizada com os recursos da Cteep. As ações ordinárias do Banco do Brasil (BB ON) estrearam no Novo Mercado em queda de 0,37%, para R$ 45,78 com R$ 47,3 milhões negociados. Há operadores que atribuem a movimentação a vendas da pessoa física, interessadas em realizar ganhos com a oferta (o fechamento da reserva de ações fixou o preço em R$ 43,50). Arcelor ON puxa as quedas, com desvalorização de 3,35%. O mercado trabalha com a informação de que, na negociação entre Arcelor e a Mittal, a Arcelor ficará com 51% da nova empresa e, portanto, não haverá mudança de controle e "tag along" (direito dos acionistas minoritários de vender suas ações através de oferta pública, no caso de transferência de controle) para as ações da Arcelor Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.