Bovespa sobe apenas 0,11% e volume financeiro é fraco

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu a segunda semana de julho querendo engatar uma recuperação de preços, após ter se desvalorizado 1,44% na semana anterior. Porém, depois de oscilar entre altas e baixas, a bolsa paulista terminou o dia com leve ganho de 0,11%, aos 36.140 pontos. O fluxo financeiro não foi dos melhores e atingiu apenas R$ 1,08 bilhão. Desde janeiro, a média diária de negócios na Bovespa superava os R$ 2 bilhões a cada mês. Após chegar ao auge, com R$ 2,96 bilhões em maio, o volume diário negociado na Bolsa caiu 24% para R$ 2,2 bilhões em junho e inicia julho com R$ 1,6 bilhão, na média da primeira semana. O enfraquecimento dos negócios também coincide com a tentativa de retomada das ofertas de ações. A expectativa para esta segunda-feira era que a Bovespa descolasse um pouco do mercado internacional diante do noticiário mais tranqüilo e da conjuntura doméstica favorável. Porém, no fim do dia, isto não prevaleceu. Nos Estados Unidos, o principal índice da Bolsa de Nova York encerrou em +0,12%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.