Bovespa sobe após PIB e ações da Vale têm forte alta

Ibovespa sustenta os ganhos da abertura ajudada pelo resultado animador da economia no 4º trimestre e pela valorização dos papéis da mineradora

Luciana Antonello Xavier, Agência Estado - Atualizado às 13h50

27 de fevereiro de 2014 | 10h53

O Ibovespa abriu na direção contrária das praças internacionais nesta quinta-feira, ajudada pelo resultado animador do Produto Interno Bruto (PIB) no 4º trimestre e em 2013 e pela alta menor da Selic. As ações da Vale, que teve prejuízo no quarto trimestre, operavam com ganhos de mais de 2%. Às 13h50, o Ibovespa subia 1,94%, aos 47.503 pontos.

As ações PNA da Vale subiam 2,24% e as ON, +2,61%. A mineradora teve prejuízo de R$ 14,8 bilhões no quarto trimestre do ano passado, a maior perda da história da companhia e bem superior à do mesmo trimestre de 2012. Foi a segunda vez seguida que a Vale fechou o último trimestre no vermelho.

Apesar do prejuízo, operadores avaliam que a empresa teve bons resultados operacionais, com destaque para preços e volumes de minério de ferro, corte de custos, além do recebimento de dividendos de empresas coligadas. O resultado da mineradora também foi muito impactado pela adesão ao programa de refinanciamento da dívida.

O humor no exterior foi abalado no inicio do dia, com dólar em alta e bolsas em baixa, pelas tensões geopolítica na Ucrânia, balanços de empresas, e também cautela antes do depoimento da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, no Senado norte-americano.

Mas logo Nova York passou a operar em alta. No mesmo horário,  Dow Jones subia 0,23%, o Nasdaq ganhava 0,27% e o S&P 500 subia 0,20%. Na Europa, os mercados fecharam com resultados mistos. Londres subiu 0,16%, Paris caiu 0,01% e Frankfurt recuou 0,76%.

A presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, disse que longos períodos de taxas de juros baixas podem contribuir para a criação de bolhas, contudo a autoridade afirmou que não acredita que haja atualmente esse tipo de fenômeno. "Eu não acho que nós promovemos esses excessos, pelo menos nesse momento", afirmou. Sobre a normalização da economia, Yellen disse que houve progressos em várias áreas, mas ainda levará alguns anos para que a economia volte ao normal.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas de valores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.