Bovespa sobe, mas feriado nos EUA esvazia mercados

A semana começa devagar na Bolsa de Valores de São Paulo com o fechamento antecipado do mercado norte-americano devido ao feriado de amanhã (Dia da Independência), que marca também o início das férias de verão nos Estados Unidos. As Bolsas em Wall Street fecham às 14 horas hoje. Sem a sua principal bússola, a expectativa é de fluxo financeiro reduzido na Bolsa paulista, o que favorece maior oscilação de preços. O índice Ibovespa abriu em alta e subia 0,36% às 10h22, na máxima do dia até este horário. Apesar do clima mais calmo (depois do comunicado sobre política monetária do banco central americano sugerir que o fim do ciclo de aumento dos juros nos EUA pode estar mais perto do que vinha sendo precificado), as atenções continuam voltadas para os EUA, onde será divulgado hoje às 11h o ISM industrial dos gerentes de compras referente a junho. Mas o principal dado da semana é o relatório de emprego de junho, que sai na sexta-feira. Aqui, a agenda doméstica semanal também reserva divulgações importantes, que podem ajudar a reforçar a expectativa de novo corte de juro. Um deles será o resultado da produção industrial de maio, que sai na quinta-feira. O outro é o IPCA, que será apresentado na sexta-feira. Na sexta-feira, começa a temporada de balanços do segundo trimestre, com a Aracruz dando a largada. Nos EUA, a safra de resultados de empresas começa a esquentar a partir da próxima semana. As ações da TIM Participações devem reagir a informação de que a companhia pediu à CVM o cancelamento do pedido de registro da oferta pública secundária e parcial de ações de emissão da TIMPart, que foi protocolado em 15 de maio de 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.