Bovespa sobe puxada por índices futuros de NY

A Bolsa de São Paulo abriu o pregão desta sexta-feira, 14, em alta, acima dos 48 mil pontos, influenciada pelo avanço dos índices futuros de Nova York e da valorização das ações na Europa. A volatilidade, no entanto, segue dando o tom, com o futuro do Ibovespa em ligeira queda, sinalizando pouco espaço para avanço do pregão doméstico.

FERNANDO TRAVAGLINI, Agencia Estado

14 de fevereiro de 2014 | 10h56

Às 10h25, o Ibovespa subia 0,52%, aos 48.061 pontos, enquanto o futuro do índice recuava 0,14%. Petrobras e Vale oscilam, com os bancos em leve alta. Pesa o fato de hoje ser o último dia de ajustes antes do vencimento de opções sobre ações, marcado para a próxima segunda-feira, 17.

O resultado do Índice de Atividade Econômica do Banco Central, o IBC-Br, pesa negativamente, já que os números confirmam a perspectiva de uma atividade ruim no início de 2014. O IBC-Br apresentou queda de 0,17% no quarto trimestre do ano passado em relação ao trimestre anterior, no dado com ajuste, abaixo do esperado.

Tudo o que sabemos sobre:
Bovespavolatilidadeabertura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.