Bovespa tem dia de volatilidade

Na máxima, o índice paulista subiu aos 61.459 pontos (+0,43%)

Vanessa Stecanella, da Agência Estado ,

24 de junho de 2011 | 12h49

A Bovespa teve um começo de sessão sem tendência definida, oscilando entre altas e baixas, nesta sexta-feira espremida entre o feriado de Corpus Christi e o final de semana. Os poucos investidores presentes no pregão tentam ajustar os negócios ao cenário externo, onde o vasto noticiário, ontem, foi responsável por queda significativa dos ADRs da Petrobrás, em Nova York. Por outro lado, Vale sobe, impedindo queda maior do principal índice da bolsa paulista.

Às 12h10, o Ibovespa operava em baixa de 0,21%, aos 61.066 pontos, após de alcançar mínima de 60.921 (-0,45%). Na máxima, o índice subiu aos 61.459 pontos (+0,43%). O giro financeiro somava R$ 1,45 bilhão, com previsão de atingir R$ 4,91 bilhões no fechamento. Em Wall Sreet, o Dow Jones recuava 0,78% e o S&P perdia 0,85%.

Vale ON avançava 0,21% e a PNA subia 0,43%, acompanhando a alta dos metais no mercado internacional, após a Grécia ter concordado em adotar medidas adicionais de austeridade, dando um pouco de alívio aos mercados.

Além disso, analistas destacam a decisão da diretoria da companhia de enviar para a apreciação do conselho de administração proposta de oferta pública de aquisição de até 100% das ações de emissão da Vale Fertilizantes em circulação no mercado, visando o posterior fechamento do capital da subsidiária. A companhia descarta a abertura de capital de empresa detentora de ativos de fertilizantes.

A OPA compreende pagamento das ações em dinheiro, ao preço de R$ 25,00 por ação, tanto para ações ordinárias quanto para as ações preferenciais, representando desembolso total pela Vale de até R$ 2,22 bilhões. A ação da Vale Fertilizantes liderava as maiores altas da Bovespa, com ganho de 26,40%.

De acordo com analistas, apesar do valor da oferta ser cerca de 5% superior ao preço-alvo médio do mercado para a Vale Fertilizantes e 32% superior à cotação de fechamento do último pregão, a oferta está em linha com o discurso da companhia e deve viabilizar a integração dos seus ativos de fertilizantes. "Consideramos o investimento nesses ativos como estrategicamente positivo para a Vale", destaca a equipe de profissionais da Ativa Corretora, em relatório.

Em sentido contrário, as ações da Petrobrás tentam se ajustar aos negócios com os ADRs da companhia realizados no mercado norte-americano ontem, quando a Bovespa ficou fechada por conta do feriado de Corpus Christi. O papel ON da estatal operava em baixa de 1,63% e o PN tinha queda de 1,33%, ambos entre as maiores quedas do Ibovespa.

Ontem, os ADRs de Petrobrás recuaram mais de 2% no exterior, reagindo à inesperada decisão da Agência Internacional de Energia (AIE) de liberação de estoque estratégico, que derrubou nessa quinta-feira os preços do petróleo. Serão colocados 60 milhões de barris de petróleo no mercado, sendo que metade virá das reservas dos Estados Unidos (o que não era feito desde 2005, em razão do furacão Katrina). Segundo a AIE, a medida é uma resposta à redução da oferta da Líbia, mas analistas avaliam que o objetivo é de aliviar a desaceleração econômica em curso - até porque, a guerra da Líbia começou há meses. Hoje, o petróleo apresenta baixa moderada, próximo à estabilidade.

OGX também aparecia entre as mais expressivas baixas do índice, com queda de 1,74%. Fora do Ibovespa, outras empresas de petróleo recuam, como QGEP (-2,13%) e HRT (-2,77%).

Ainda entre as quedas mais importantes do Ibovespa estavam Natura (-1,93%), Fibria (-1,84%), Klabin (-1,41%), JBS (-1,34%) e Brookfield (-1,32%).

Já TIM figurava entre as maiores altas do índice, com ganho de 2,29% na PN e de 2,07% na ON. O mercado repercute hoje decisão dos acionistas da companhia, que na véspera do feriado, quarta-feira, aprovaram a adesão da companhia ao Novo Mercado da BM&FBovespa.

A lista das altas mais expressivas era composta ainda por Gol (+3,12%), TAM (+1,74%), Redecard (+1,60%), Telesp (+1,46%), MRV (+1,38%) e Cemig (+1,26%).

Tudo o que sabemos sobre:
BovesáaçãoValePetrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.