Bovespa tenta quarta alta semanal, mas depende de indicadores dos EUA

Proximidade do vencimento de opções sobre ações traz volatilidade

Renata Pedini, da Agência Estado,

17 de agosto de 2012 | 10h17

Novos sinais de melhora da atividade econômica brasileira, contidos no indicador apurado pelo Banco Central em junho, abrem espaço para a Bovespa tentar buscar nesta sexta-feira a quarta valorização semanal consecutiva. Porém, após a forte alta de ontem, pode haver realização de lucros. Além disso, a proximidade do vencimento de opções sobre ações traz volatilidade. Os investidores monitoram ainda os mercados internacionais, antes de indicadores antecedentes e sobre a confiança do consumidor dos EUA. Às 10h03, o Ibovespa subia 0,37%, aos 59.664,01 pontos.

Para a equipe de analistas da Um Investimentos, "os investidores ficarão atentos à agenda dos EUA, repercutindo também nosso índice de atividade econômica, que superou as expectativas do mercado, mostrando que devemos ter um segundo semestre de recuperação econômica, após um primeiro semestre de baixo crescimento".

Nesta manhã, foi divulgado o índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado uma prévia mensal do PIB e que serve de parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. Segundo o BC, o indicador subiu 0,75% em junho ante maio, em linha com as previsões dos analistas consultados, mostrando recuperação. Isso depois dos indicadores sobre o comércio varejista e criação de vagas formais, anunciados na véspera.

Um operador de renda variável, que preferiu não ser identificado, pondera que, "após a alta de ontem, tecnicamente falando, o certo seria o mercado realizar os lucros". E o exercício de opções sobre ações, na próxima segunda-feira, deve trazer alguma volatilidade aos negócios locais.

As blue chips Vale e Petrobras reagem mais aos exercícios, sendo que as séries mais próximas da mineradora não devem ter uma "briga forte" entre "comprados" e "vendidos", ao passo que a petrolífera ainda pode dar "jogo", ainda de acordo com o operador citado acima.

Na agenda de dados econômicos norte-americanos está prevista para as 10h55 a leitura preliminar de agosto do índice de sentimento do consumidor, calculado pela Universidade de Michigan. Às 11h, sai o índice dos indicadores antecedentes em julho, medido pelo Conference Board.

Antes dos indicadores, às 10h03, o futuro do S&P 500 caía 0,04% e do Nasdaq subia 0,23% em Nova York. Já as bolsas europeias operavam em direções divergentes: a Bolsa de Frankfurt subia 0,31% e a de Paris, -0,07%.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsaIbovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.