Bovespa termina o dia com valorização de 0,98%

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, registrou ganho de 0,98% hoje, fechando em 37.693 pontos, após oscilar entre a mínima de -0,11% e a máxima de +1,10%. O volume negociado totalizou R$ 1,49 bilhão. O volume de negócios na Bovespa hoje foi pequeno por causa do feriado do Dia do Trabalho nos EUA, mas o clima seguiu favorável. A perspectiva de volta do capital externo a partir de amanhã, com o retorno dos investidores das férias de verão no Hemisfério Norte e os sinais de pouso suave da economia norte-americana estão mantendo o ânimo do mercado neste início de setembro. A melhora de humor na Bolsa também se deve à expectativa favorável em relação à ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que será divulgada na sexta-feira, entre o feriado do Dia da Independência (7) e o final de semana. O mercado espera que a ata sinalize na direção de novos cortes na taxa básica de juro, que caiu para 14,25% ao ano, com o corte de 0,50 ponto porcentual definido pelo Copom na semana passada. Entre as maiores baixas do dia, estavam as ações do setor de telefonia puxavam a lista de maiores queda do Ibovespa. Vivo PN registrou baixa de 5,58%; Tele Norte Leste PNA, -1,81%; Telemar PN, -1,64%; e TIM ON, -1,45%. As teles fixas estão no meio do imbróglio do leilão de freqüências para exploração de serviços de banda larga sem fio (WiMAX), marcado para o dia 18 e suspenso hoje pelo Tribunal de Contas da União.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.