Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bovespa vai às mínimas e passa a testar os 50 mil pontos

A Bovespa chegou ao final da manhã desta sexta-feira, 14, renovando a pontuação mais baixa da sessão e passou a testar novamente a marca dos 50 mil pontos. A forte queda das ações da Petrobras, em meio à decisão da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) de revogar a certidão negativa de débito da companhia, atrapalha os negócios locais.

OLÍVIA BULLA, Agencia Estado

14 de junho de 2013 | 12h01

Da mesma forma, também prejudicam a performance doméstica o vaivém dos mercados internacionais, diante da rodada de dados econômicos norte-americanos aquém do esperado, assim como a falta de direção única nas ações da Vale. OGX, por sua vez, tenta servir de contraponto e sobe.

Por volta das 11h40, o Ibovespa caía 0,76%, aos 50.032,47 pontos, não muito distante da pontuação mínima do dia, em queda de 0,98%, aos 49.922 pontos. Na máxima, o índice à vista subiu 0,48%, aos 50.656 pontos. O volume financeiro somava R$ 1,95 bilhão, com a forte presença de investidores estrangeiros na ponta vendedora. A projeção é de giro de quase R$ 10 bilhões ao final do dia.

Tudo o que sabemos sobre:
Bovespamínimas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.