Bovespa volta a superar 39 mil pontos, em alta de 1,67%

O Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa de Valores de São Paulo, voltou a superar os 39 mil pontos no pregão desta manhã. Os investidores estão aliviados com os dados de inflação (no atacado) divulgados hoje nos Estados Unidos, que mostram que os preços estão contidos. O dado sugere que não será necessário elevar os juros americanos além do que já está previsto, ou seja, o nível de 5% em maio, e encerrar aí o ciclo de aperto monetário. Às 11h49, o Ibovespa registrava alta de 1,67%, a 39.106 pontos, na máxima do pregão de hoje até este horário. Desde a abertura, o índice opera no terreno positivo. O volume financeiro está em R$ 801 milhões, com o registro de 28.683 negócios. As ações mais negociadas são Petrobras PN, com valorização de 3%, Bradesco PN, alta de 2,17%, e Telemar PN (+0,27%) e Telemar ON (+0,28%).

Agencia Estado,

18 Abril 2006 | 11h50

Mais conteúdo sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.