Bradesco é destaque de alta após balanço

Banco anunciou lucro líquido de R$ 2,405 bilhões no segundo trimestre, 4,7% acima do ganho do mesmo período do ano passado

Altamiro Silva Júnior, da Agência Estado,

28 de julho de 2010 | 10h42

As ações do Bradesco sobem 1,14% esta manhã e figuram entre as maiores altas do Ibovespa, após o anúncio dos resultados trimestrais do banco. No mesmo momento, o principal índice da bolsa cai 0,17%. A instituição anunciou lucro líquido de R$ 2,405 bilhões no segundo trimestre, 4,7% acima do ganho do mesmo período do ano passado. O lucro ficou 4,8% acima das previsões dos analistas, de R$ 2,294, segundo média das projeções de sete casas (Deutsche, BTG Pactual, UBS, Votorantim Corretora, HSBC, Barclays Capital e Santander) consultadas pela Agência Estado.

 

A rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio foi de 22,8% no segundo trimestre, ante 23,3% do mesmo período de 2009. A carteira de crédito do banco cresceu 4,1% na comparação com o primeiro trimestre. Já em relação ao segundo trimestre de 2009, o crescimento foi de 15%, atingindo R$ 244,788 bilhões. A expectativa dos analistas é que o Bradesco tenha o melhor desempenho na carteira de crédito em termos de crescimento na comparação com outros bancos privados.

Tudo o que sabemos sobre:
BradescobolsaIbovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.