Bradesco usará papel reciclado para produzir talões de cheques

O Bradesco começará a produzir talões de cheques com papel reciclado a partir do mês de julho. A troca será feita de maneira gradativa, para todos os clientes do País. Os novos talões estarão disponíveis também nas máquinas de auto-atendimento. O consumo de papel reciclado para talões deve chegar a 100 toneladas/mês. Hoje o banco consome cerca de 770 toneladas de papel por mês, sendo 550 toneladas de papel reciclado. O programa de utilização de papel reciclado começou em 2005 e deve ser concluído nos próximos meses, quando 100% do papel consumido pelo banco passará a ser reciclado.O pioneiro na utilização de papel reciclado na confecção de talões de cheques é o Banco Real. A mudança, iniciada em 2004, esbarrou em restrições técnicas, para adequar os novos cheques às normas do Banco Central, como o uso da marca d'água e contraste nas folhas.O Brasil só recicla cerca de 30% de seu consumo de papel. O papel reciclado pode ser utilizado em caixas de papelão, sacolas, embalagens para ovos, bandejas para frutas, papel higiênico, cadernos e livros, material de escritório, envelopes, papel para impressão, entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.