Brasil é 1º em transparência entre 32 emergentes

O Brasil lidera um ranking de transparência de dados e relações com investidores no mercado financeiro entre 32 países emergentes, elaborado pelo Institute of International Finance (IIF). 'Essa posição do Brasil, com o melhor desempenho, foi resultado de novas ações adotadas pelo Banco Central e o Tesouro neste ano', disse o presidente do Banco Itaú e vice presidente do IIF, Roberto Setúbal, ao apresentar o estudo, durante a reunião anual do Fundo Monetário Internacional (FMI). A Coréia do Sul é a segunda colocada. 'No Brasil, foram dados importantes passos para se construir um relacionamento sofisticado com os mercados', disse Setúbal. 'Os padrões do Brasil precisam ser replicados por muitos outros mercados emergentes.' Ele destacou a melhora dos fundamentos macroeconômicos nos países emergentes nos últimos anos. Para Setúbal, o desafio agora é sustentar políticas econômicas sólidas e fazer reformas estruturais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.