Brasil Ecodiesel e Profarma vão lançar ações ordinárias

A Brasil Ecodiesel e a Profarma vão lançar ações ordinárias (ON) na Bovespa. O pedido da Brasil Ecodiesel, registrado no último dia 23, está em análise na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O objeto social da empresa trata da "administração de petroquímicos e borracha". O diretor de Relações com Investidores, segundo dados entregues à autarquia, será Nelson José Cortes da Silveira. Em abril deste ano, a companhia apresentou projeto para produzir 100 milhões de litros por ano de biodiesel no Rio Grande do Sul. A previsão da empresa, na época, era investir R$ 20 milhões na instalação de uma planta produtora do combustível em Rosário do Sul, região sul do Estado, e unidades de extração de óleo - em número ainda não definido. Mais recentemente, no início de agosto, a Brasil Ecodiesel assinou acordo com a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetag) do Rio Grande do Sul para estimular a produção de mamona destinada ao biodiesel no Estado. Profarma A Profarma pediu registro de empresa aberta à CVM no dia 31 de julho e está com sua oferta em análise na autarquia desde o dia 18 de agosto. O líder da operação é o Banco de Investimentos Credit Suisse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.