Brasildental, da BB e Odontoprev, inicia operações

A Brasildental, empresa de planos odontológicos constituída pela BB Seguridade em parceria com a operadora Odontoprev, vai dar início às suas operações comerciais a partir desta segunda-feira, 25, conforme fato relevante enviado ao mercado. Todas as condições previstas no acordo de associação foram cumpridas, conforme o documento. BB Seguridade e Odontoprev assinaram na última sexta-feira, 22, os documentos conclusivos necessários à consumação da associação.

ALINE BRONZATI, Estadão Conteúdo

25 de agosto de 2014 | 09h36

Em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, há cerca de 15 dias, Werner Suffert, CFO da BB Seguridade, antecipou que o início das operações comerciais da Brasildental seria ainda no terceiro trimestre deste ano. O foco inicial da empresa serão as pessoas físicas. Isso porque, segundo o presidente da BB Seguridade, Marcelo Labuto, a priorização deste público, embora não seja o segmento mais rentável, é necessária para que a empresa possa organizar toda a parte operacional e capacitar sua força de vendas.

No segundo trimestre deste ano, de acordo com o executivo, a Brasildental deve lançar o plano odontológico para pessoas jurídicas. Segundo ele, o segmento corporativo tende a ser o mais rentável da operação dental.

O objetivo da Brasildental é alcançar 1 milhão de segurados em seu primeiro ano de operação, conforme antecipou o Broadcast em janeiro último. No início de agosto, a empresa recebeu aprovação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), órgão que regula o segmento, conforme Labuto.

Em termos de prêmios, de acordo com Suffert, o volume inicial da BB Dental virá da migração do seguro dental dos funcionários do Banco do Brasil para a BB Seguridade. Ele estima uma carteira inicial entre 300 mil e 400 mil a partir deste quadro de colaboradores.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasildentalBB SeguridadeOdontoprev

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.