Braskem confia na aprovação da aquisição da Solvay

A Braskem afirmou nesta manhã que não concorda com a recomendação da Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) de impugnação da compra de ativos da Solvay Indupa. Em nota, a petroquímica brasileira informa que a Superintendência impugnou a operação por entender que esta teria potencial anticompetitivo. "A Braskem discorda dessa conclusão e irá apresentar sua manifestação no prazo de 30 dias para obter a aprovação da operação pelo plenário do Cade", diz na nota. A Braskem afirma seguir confiante de que a aquisição da Solvay Indupa será aprovada pelo Cade.

LUCI RIBEIRO, Agência Estado

24 de junho de 2014 | 09h13

A empresa ainda destaca que, como previsto em lei, o parecer da Superintendência não tem força de decisão, constituindo a primeira etapa do processo de análise da operação, que agora será apreciada pelo plenário do Cade.

"A Braskem entende que o mercado relevante de PVC e soda cáustica é internacional, em linha com a jurisprudência consolidada do Cade para as resinas termoplásticas. De fato, os preços praticados no mercado brasileiro seguem a dinâmica de preços do mercado internacional, sendo a Braskem uma tomadora de preços ("price taker") e não uma formadora de preços ("price maker"). Além disso, com a aquisição da Solvay Indupa, a participação da Braskem em PVC e soda cáustica no mercado internacional será de 2% e 1%, respectivamente, o que não representa uma ameaça à competição", argumenta a empresa.

A recomendação pela impugnação do negócio consta de despacho publicado hoje no Diário Oficial da União. A operação, anunciada em dezembro do ano passado, prevê a aquisição de 70,59% do capital social da Solvay Indupa Argentina pela Braskem. O negócio está avaliado em US$ 290 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
BraskemSolvayCade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.