Buenos Aires planeja emitir US$ 490 milhões em bônus

 Do total, US$ 330 milhões seriam destinados à expansão do sistema de metrô e US$ 160 milhões para projetos sociais

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

29 de março de 2010 | 14h19

A cidade argentina de Buenos Aires pretende vender US$ 490 milhões em bônus com o objetivo de levantar recursos para o financiamento de projetos de infraestrutura, de acordo com uma autoridade do governo local. Deste total, US$ 330 milhões seriam destinados à expansão do sistema de metrô e US$ 160 milhões para projetos sociais, acrescentou a fonte, que não quis ser identificada porque o acordo ainda não foi fechado.

 

Mais cedo, um documento obtido com um gerente de fundos mostrava que a cidade pretendia vender nesta semana títulos de cinco anos denominados em dólar, com yield entre 12,5% e 13%. O Credit Suisse seria o único coordenador da emissão, que foi avaliada com rating B2 pela Moody's Investors Service. A operação deve ser precificada em 30 de março. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Buenos Airesbônus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.