Cade aprova aquisição de direitos minerários pela Vale

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou hoje, sem restrições, a aquisição pela Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) dos direitos minerários de pesquisa de cobre nos municípios paraenses de Marabá, Paraupebas e Curionópolis. Os direitos minerários pertenciam anteriormente à Anglo American Brasil e à Mineração Itamaracá.A transferência desses direitos de pesquisas para a Vale do Rio Doce ocorreu em março deste ano. O Cade entendeu que a operação não representa riscos ao ambiente concorrencial e a votação ocorreu em rito sumário, ou seja, sem maiores debates entre os conselheiros no plenário.A Mineração Itamaracá, segundo o relatório do conselheiro Luís Fernando Rigato, não exerce nenhuma atividade econômica no Brasil e seu controle pertence à Anglo American, uma empresa inglesa cujo grupo controlador atua em âmbito mundial nos mercados de ouro, carvão, platina, metais básicos, papel, embalagem, minerais industriais e diamantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.