Cade aprova aquisição pela Copel em parque da Voltalia

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição, pela Companhia Paranaense de Energia (Copel), de 49% de participação no Complexo Eólico São Miguel do Gostoso, localizado no Rio Grande do Norte, pertencente à Voltalia Energia do Brasil, do grupo francês Voltalia. O aval se deu sem restrições e está publicado no Diário Oficial da União.

LUCI RIBEIRO, Agência Estado

21 de julho de 2014 | 08h40

O complexo adquirido pela Copel é composto por quatro projetos de parques eólicos - Usina de Energia Eólica São João; Usina de Energia Eólica Reduto; Usina de Energia Eólica Santo Cristo; e Usina de Energia Eólica Carnaúba. A energia dos parques foi comercializada no 4º Leilão de Energia de Reserva, em contratos de 20 anos, com início de suprimento em abril de 2015.

As empresas destacam em documento enviado ao Cade que a operação se justifica "por representar a continuação do desenvolvimento sustentável da Copel no setor de geração de fontes renováveis de energia elétrica, enquanto para a Voltalia, trata-se de uma oportunidade de negócio no contexto da sua estratégia de diversificação do risco incidente sobre esta atividade e a associação com parceiros estratégicos".

Tudo o que sabemos sobre:
CadeCopelVoltalia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.