Cade aprova compra de 49,9% da Retiro Baixo por Cemig

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, operação pela qual a Cemig Geração e Transmissão adquire 49,9% do capital social total e votante da Retiro Baixo Energética, hoje detido pela Orteng Equipamentos e Sistemas e pela Arcadis Logos Energia. A decisão consta de despacho publicado no Diário Oficial da União.

LUCI RIBEIRO, Agência Estado

21 de julho de 2014 | 08h57

Anunciado em abril, o negócio foi fechado por R$ 145,896 milhões. A Retiro Baixo Energética é sociedade anônima de capital fechado, titular da concessão de exploração da Usina Hidrelétrica de Retiro Baixo, localizada no baixo curso do Rio Paraopeba, no Estado de Minas Gerais. A usina tem potência instalada de 83,7MW e energia assegurada de 38,5 MW médios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.