Cade aprova venda de 3 fábricas da Parmalat para Perdigão

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou hoje, por unanimidade e sem restrições, a venda de três fábricas da Parmalat Brasil - empresa que está em recuperação judicial - para a Perdigão. Apesar de considerarem a Perdigão uma grande indústria da área de alimentos que adquiriu unidades de uma concorrente no mesmo setor, os conselheiros consideraram que a operação não representa riscos à concorrência ou à concentração no setor de alimentos, porque existem outras grandes empresas que disputam o mercado, como Sadia e Bunge.A Perdigão comprou, em maio deste ano, após aprovação dos credores da Parmalat, a fábrica Batávia S/A Indústria de Alimentos, que produz bebidas lácteas, iogurtes e bebidas à base de soja; a "Unidade de Fornos" da Parmalat, produtora de biscoitos; e a "Unidade de Garanhuns", uma outra fábrica da subsidiária brasileira do grupo Parmalat de bebidas lácteas e iogurtes. O negócio foi realizado como decorrência do plano de recuperação da companhia.

Agencia Estado,

27 de setembro de 2006 | 15h17

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.