Caixa emprestou mais 249% a empresas em 2 anos

A Caixa Econômica Federal informou ontem que emprestou R$ 81,9 bilhões entre 2003 e 2005 para pessoas físicas e jurídicas. Segundo a instituição, é um recorde em sua história. Só no segmento de crédito comercial, o crescimento foi de 128%, entre 2002 e 2005, de R$ 15,7 bilhões para R$ 35,8 bilhões. De acordo com a Caixa, os dados que mostram o aumento de empréstimos a empresas representam uma guinada na concessão de créditos. Historicamente, a Caixa prioriza empréstimos a pessoas físicas, em linhas como o crédito habitacional e o penhor. Em 2005, as 600 mil empresas clientes da Caixa Econômica Federal tomaram empréstimos no valor de R$ 16,4 bilhões, um crescimento de 249% ante os R$ 4,7 bilhões emprestados em 2002. Entre esses clientes, 97% são micro e pequenas empresas. O banco assinou ontem seu primeiro contrato de crédito para exportação, na linha de financiamentos BNDES-Exim, disponibilizada para apoiar vendas externas de empresas brasileiras. O contrato, no valor de US$ 70 mil, será assinado com a Indústria Metalúrgica UTZ Ltda, de Novo Hamburgo (RS). Os recursos serão utilizados para fabricação de sacos picotados em rolo, a serem exportados ao Equador. O financiamento será concedido pelo prazo de 18 meses, 12 deles no período anterior à exportação, e poderá ser pago seis meses após o embarque ou cinco dias úteis após o fechamento do câmbio relativo à exportação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.