'Campo de Libra será uma grande licitação', diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff comentou, em entrevista nesta quarta-feira, 28, a rádios de Belo Horizonte, que as concessões feitas pelo governo atrairão investidores e lembrou o leilão do campo de Libra que, segundo ela, será uma das maiores licitações do mundo.

JOSÉ ROBERTO CASTRO, GUSTAVO PORTO E FERNANDO TRAVAGLINI, Agencia Estado

28 de agosto de 2013 | 10h29

Respondendo a uma pergunta sobre futebol e o novo Mineirão, Dilma defendeu o legado que ficará para a população das cidades sedes depois do término da Copa do Mundo, especialmente para Belo Horizonte.

Dilma falou ainda sobre obras de mobilidade urbana e o metrô da capital mineira e disse que está discutindo com o governo do Estado a liberação de mais recursos da União para a obra. Segundo a presidente, obras em Minas são feitas em parceria com o governo local.

De acordo com ela, para o metrô, Minas pediu R$ 2 bilhões e o governo federal já liberou metade deste valor. Ao listar investimentos feitos em Minas, Dilma citou o aeroporto de Confins que, segundo ela, recebeu R$ 518 milhões e será licitado em outubro.

A presidente falou com as rádios de Belo Horizonte direto de Brasília, para onde voltou ontem, 27, depois de participar de formatura de alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em Belo Horizonte.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaLibra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.