Carlyle tem lucro de US$ 20 milhões no 2º trimestre

A Carlyle anunciou nesta quarta-feira lucro líquido de US$ 20 milhões no segundo trimestre deste ano, ante prejuízo de US$ 3,3 milhões em igual período de 2013. Na mesma comparação, no resultado por ação da firma de private equity o ganho foi de US$ 0,27, após um prejuízo de US$ 0,07 no segundo trimestre do ano passado.

Agência Estado

30 de julho de 2014 | 10h49

A receita líquida registrada no período, no entanto, ficou levemente abaixo das expectativas dos analistas ouvidos pela Thomson Reuters. A empresa teve lucro líquido econômico - uma métrica de lucratividade que leva em conta a avaliação de marcação a mercado de sua carteira - de US$ 318 milhões, ou US$ 0,73 por ação, no segundo trimestre, ante expectativa de US$ 0,74 por ação. No mesmo período do ano anterior, o resultado havia sido de US$ 156 milhões (US$ 0,39 por ação).

A Carlyle, que tem sede em Washington e controla a CVC, Ri Happy e Tok&Stok no Brasil, quase dobrou a parte dos lucros que pode ser distribuída aos acionistas, para US$ 324 milhões no último trimestre, em comparação aos US$ 163 milhões gerados no segundo trimestre de 2013. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUACarlylelucro2º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.