Cartão Itaucard vem sendo bem recebido, diz diretor do Itaú

A recepção dos clientes à marca Itaucard - que passou a concentrar os negócios da área de cartões do banco após a compra do nome Credicard pelo Citigroup - tem sido muito positiva, afirmou o diretor de Marketing de Cartões do Itaú, Fernando Chacon.O executivo não revelou números, mas disse que essa percepção vem do fato de os clientes associarem a marca Itaucard ao conglomerado, que inclui a rede de agências e caixas eletrônicos. "Os consumidores se sentem amparados pela estrutura do banco", observou.O Citigroup anunciou em dezembro a compra da Credicard - até então compartilhada com o Itaú. O Citi tinha a preferência para exercer o uso exclusivo da marca, pela qual pagou cerca de R$ 280 milhões. Pelo acordo, o banco brasileiro poderá usar o nome Credicard até o final de 2008, mas desde janeiro pode vender somente cartões próprios (Itaucard e Itaú Personnalité).Apesar dos bons resultados, Chacon reiterou que o banco teria ficado com a marca caso o Citi não exercesse seu direito. "A decisão foi esperada, surpreendente seria se fosse o contrário", comentou. Até por isso, ele afirmou que o banco não tinha planos para a Credicard. Atualmente, o banco possui a liderança do mercado de cartões, com uma base de 13,5 milhões de unidades e 25% de participação no faturamento do setor. A fatia da Credicard Citi, por sua vez, é estimada em pouco mais de 10%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.