CEF antecipa Copom E reduz juros de linhas de crédito

Antecipando uma possível queda da taxa básica de juros na próxima semana, a Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou hoje redução de até 20% nas taxas das principais linhas de crédito para pessoa física. O banco inicia amanhã campanha publicitária com a baixa de juros do cheque especial, crédito direto ao consumidor (CDC) e cartão de crédito. "Acreditamos numa nova redução da Selic na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), e a Caixa quer continuar expandindo as operações de crédito comercial, oferecendo juros mais baixos", afirma, em comunicado, o presidente do banco, Jorge Mattoso. Com a medida, os juros do cheque especial caem de 2,84% para 2,50% (taxa mínima) e de 7,95% para 7,20% (máxima), sendo que em algumas faixas de clientes a redução será de 20%. No caso do CDC, a menor taxa (para operações até 12 meses) passa a ser de 4,81%, contra os atuais 5,05%; e a máxima passa dos 5,22% para 5,06% (até 24 meses). No cartão de crédito, dentre todas as modalidades existentes, a taxa mínima cai para 4,50% e a máxima para 10,30% - atualmente são de 4,76% a 10,80%, respectivamente. Em algumas modalidades, a queda também chega a 20%. No cartão Turismo, a taxa mínima permanece em 2,90%. Segundo comunicado da instituição, além de antecipar a esperada queda da Selic, a CEF também diminuiu os spreads para conseguir reduzir os juros. As novas taxas estarão disponíveis nas agências a partir da próxima segunda-feira, 6 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.