Cemig propõe bonificação de 10% em novas ações

Também as assembleias deverão aprovar o pagamento de dividendo, no montante total R$ 930,702 milhões, em duas parcelas

Agência Estado,

31 de março de 2010 | 09h38

O conselho de administração da Cemig irá propor nas assembleias geral extraordinária e ordinária a se realizar no dia 29 de abril bonificação aos acionistas de 10,000000128% em ações novas, da mesma espécie das anteriores que detinham.

 

O capital social passa de cerca de R$ 3,101 bilhões para aproximadamente R$ 3,412 bilhões com emissão de 62.037.690 novas ações, das quais 27.115.425 ON e 34.922.265 PN, no valor nominal de R$ 5,00 cada. Dos R$ 310.188.450,00 referentes ao aumento de capital, a maior parte é da conta de reserva de lucros e uma fatia de R$ 15.248.159,74 proveniente da incorporação das parcelas pagas e corrigidas do saldo remanescente da conta de resultados a compensar (CRC).

 

A bonificação valerá para os acionistas cujos nomes figurarem no livro de registro na data da assembleia, desde aprovada a proposta. O produto da soma das frações remanescentes será pago aos acionistas junto com a primeira parcela dos dividendos relativos ao exercício de 2009.

 

Também as assembleias deverão aprovar o pagamento de dividendo, no montante total R$ 930,702 milhões, em duas parcelas, sendo 50% até 30 de junho e 50% até 30 de dezembro deste ano, podendo haver antecipação.

Tudo o que sabemos sobre:
Cemig

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.