China diz que mineradoras quebraram regras na negociação do minério

A Associação de Ferro e Aço da China afirmou que, durante a recém concluída negociação de aumento no preço do minério de ferro, houve quebra de regras. Em algumas poucas vezes, os fornecedores de minério de ferro descumpriram as regras, afirma a associação em comunicado em seu website, sem especificar quais foram os problemas.Embora isso não vá reverter a decisão das siderúrgicas chinesas de aceitar alta de 19% no preço do minério, a quebra de regras é um problema que precisa ser resolvido, diz a associação. Ainda de acordo com os chineses, há uma grande diferença entre os preços do minério importado do Brasil e da Austrália quando calculados com base no custo seguro-frete. A associação não diz o que precisa ser feito, mas espera que conversas com os fornecedores "resolvam os problemas".A associação também clama por maior consolidação entre as importadoras chinesas de minério de ferro e por mais contratos de longo prazo ante negociações à vista. Após longa negociação, as siderúrgicas chinesas aceitaram alta de 19% no minério de ferro que compram da Companhia Vale do Rio Doce, da BHP Billiton e da Rio Tinto. As três companhias respondem por 70% das exportações globais de minério. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.