China permitirá mais instituições no mercado de câmbio

A Administração Estatal de Câmbio da China vai permitir que mais instituições financeiras operem nos mercados interbancários de câmbio, de acordo com fontes familiares com o assunto. Segundo reportagem publicada no Economic Information Daily, as fontes afirmam que o órgão de regulação cambial já emitiu uma circular para coletar as opiniões dos operadores do mercado.

Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2014 | 07h39

Atualmente, apenas bancos e companhias financeiras sob grandes empresas estatais podem negociar no mercado de câmbio. A medida pode autorizar corretoras, seguradoras, fundos e corretores de moeda a entrar neste mercado. Fonte: Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinacâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.