China quer que autoridades busquem meta de crescimento

O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, determinou hoje às principais autoridades do país que se esforcem para cumprir a meta de crescimento, que é de cerca de 7,5%.

Estadão Conteúdo

08 de outubro de 2014 | 10h16

No primeiro semestre, o Produto Interno Bruto (PIB) chinês teve expansão de 7,4% e economistas estimam que o ritmo de crescimento foi ainda mais fraco no terceiro trimestre.

Em reunião com o Conselho Estatal, como é conhecido o gabinete chinês, Li afirmou que o governo vai reforçar a monitoração do progresso feito por autoridades seniores para atingir a meta de crescimento e que vai responsabilizá-los caso eles fracassem. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaeconomiacrescimentometaPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.