China: yuan tem primeira desvalorização anual ante o dólar desde 2010

O yuan registrou em 2014 a primeira desvalorização anual ante o dólar desde 2010, diante de um enfraquecimento da economia local e de um ganho generalizado da moeda norte-americana nos mercados internacionais. O dólar ficou em 6,2040 yuans nesta quarta-feira e somou ganho de 2,5% em relação ao papel chinês em 2014.

AE, Estadão Conteúdo

31 Dezembro 2014 | 09h45

O Banco do Povo da China (PBOC) estabeleceu a taxa de paridade central do dólar a 6,1190 yuans nesta quarta-feira, o último dia de negociação de 2014, comparado com 6,0990 yuans no início do ano. A depreciação anual do yuan registrada através da paridade central foi a primeira desde 2005.

Operadores disseram não estar otimistas sobre o desempenho do yuan no próximo ano, uma vez que a economia chinesa pode mostrar mais fraqueza em 2015 e o dólar pode avançar ainda mais se os EUA elevarem suas taxas de juros.

O mais recente gatilho para as preocupações foi conhecido durante a última sessão do ano. O índice dos gerentes de compras (PMI) industrial da China, medido pelo banco HSBC, caiu a 49,6 na leitura final de dezembro, de 50,0 na leitura final de novembro. A leitura preliminar indicava uma queda maior, para 49,5 em dezembro.

Esta é a primeira contração registrada nas condições operacionais da indústria desde maio. Leituras abaixo de 50 indicam contração na atividade do setor na comparação com o mês anterior. com informações da Dow Jones e da Market News International

Mais conteúdo sobre:
ChinaYuan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.