Cobre chega a cair 3% com do juro na China

Às 11h51 (de Brasília), o contrato cedia 2,71% para US$ 3,7510 por libra peso 

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

19 de outubro de 2010 | 11h56

O cobre caiu mais de 3% na Comex, divisão de metais da Nymex, com a inesperada alta do juro pela China trazendo preocupações em relação a demanda no curto prazo. O contrato mais ativo, para dezembro, chegou a cair 3,2% para US$ 3.7300,00 a onça-troy na mínima intraday. Às 11h51 (de Brasília), o contrato cedia 2,71% para US$ 3,7510 por libra peso.

 

"A China é o principal consumidor de cobre e de muitos outros metais. Se o dinheiro fica mais caro, a inclinação aos gastos diminui", disse o estrategista de metais do Standard Bank em Londres, Leon Westgate.

 

Mas a pronunciada queda do metal foi de impulso, já que a economia chinesa registra um desempenho muito bom, o que permite ao país elevar confortavelmente o juro para conter a inflação, acrescentou. "Não foi totalmente inesperado, mas o

mercado tomou a notícia com pessimismo e os metais estão sendo vendidos", disse. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
metaiscobreComexNymex

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.