Coca-Cola lidera ranking das marcas mais valiosas

A Coca-Cola lidera a lista das marcas mais valiosas do mundo de 2006, com um valor de US$ 67 bilhões, mantendo a posição em que esteve no ano passado. O ranking é publicado todos os anos e elaborado pela consultoria de avaliação de marcas Interbrand em parceria com o grupo de mídia BusinessWeek. Todas as cinco maiores marcas são norte-americanas. Logo atrás da Coca-Cola aparecem Microsoft, IBM, GE e Intel. A finlandesa Nokia e a japonesa Toyota vêm em 6º e 7º lugares, respectivamente, e são seguidas pelas norte-americanas Disney e McDonald's. Na 10ª posição figura a alemã Mercedes, em substituição à Marlboro, que caiu para o 12º lugar. Nenhum empresa brasileira integra a lista das 100 maiores marcas. O maior aumento do valor da marca entre o ano passado e este, de 46%, foi registrado pela Google. A empresa migrou da 38ª para a 24ª posição. Starbucks teve a segunda maior valorização, de 20%, e figura este ano no 91º lugar. No ano passado, estava em 99º. A Gap, ao contrário, apresentou a maior perda, de 22%, e passou da 40ª para a 52ª posição. A marca Ford teve a segunda maior desvalorização, de 16%, e passou do 22º para o 30º lugar. A montadora enfrenta concorrência crescente com suas rivais japonesas e alemãs. "O valor das marcas foi calculado como o valor presente líquido do lucro que a marca deverá gerar e garantir no período de 1º de julho de 2005 a 30 de junho de 2006. São avaliadas as marcas cujo valor mínimo é de US$ 2,7 bilhões, que alcançam um terço de seu lucro fora de seu país de origem, cujos dados de marketing e financeiros estão disponíveis ao público e que têm um amplo perfil de público fora de sua base de clientes diretos", explica o comunicado da Interbrand.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.