Com dados de renda dos EUA, bolsas NY devem abrir em alta

Gastos dos consumidores norte-americanos caíram menos de 0,1% em junho ante maio

Sergio Caldas, da Agência Estado,

31 de julho de 2012 | 10h58

Os índices futuros das bolsas de Nova York indicam que o Dow Jones e o Nasdaq vão abrir em alta nesta terça-feira, após a divulgação dos dados de gastos e renda dos consumidores nos EUA. Já o S&P futuro mostra que o índice poderá abrir em baixa.

Às 10h15 (de Brasília), no mercado futuro, Dow Jones subia 0,12% e Nasdaq ganhava 0,37%, enquanto S&P 500 recuava 0,08%.

Os gastos dos consumidores norte-americanos caíram menos de 0,1% em junho ante maio, segundo o Departamento do Comércio. O resultado veio abaixo das previsões dos analistas ouvidos pela Dow Jones, que esperavam um acréscimo de 0,1%. Já a renda pessoal subiu 0,5% em junho ante maio. Neste caso, os economistas esperavam uma elevação menor, de 0,4%.

Enquanto isso, os investidores aguardam decisões de políticas monetárias a serem anunciadas nos EUA e Europa. O Federal Reserve, o BC norte-americano, começa hoje e conclui nesta quarta sua reunião para revisão de taxas de juros. Na quinta-feira, será a vez do BCE e do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) fazerem seus anúncios de política monetária.

No pré-mercado de Nova York, as ações da Pfizer subiam 0,89% depois de anunciar lucro e receita trimestrais acima das expectativas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaq

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.