Com fala da futura presidente do Fed, ouro fecha em alta

Os contratos futuros de ouro fecharam nesta quinta-feira, 14, em alta após cinco sessões seguidas de queda, influenciados pelo discurso da futura presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Janet Yellen, no Comitê Bancário do Senado dos EUA. Durante a audiência, Janet demonstrou comprometimento com a atual política monetária do Fed, o que reduziu as expectativas do mercado de redução no ritmo de compras de ativos.

EDGAR MACIEL, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES, Agencia Estado

14 de novembro de 2013 | 17h38

O ouro para entrega em dezembro fechou em alta de US$ 17,90, ou 1,4%, a US$ 1.286,30 por onça-troy na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange. Durante o discurso, ela disse que a economia do país teve um bom progresso desde o começo da recessão, mas que ainda continua longe do potencial. Numa pergunta de um senador do Partido Republicano, Janet afirmou que o preço do ouro tende a subir em momentos de turbulência financeira, uma vez que, normalmente, em instantes de incerteza os investidores ficam atraídos pelo ativo.

Além do discurso da futura presidente do Fed, os investidores consideraram a alta nos pedidos norte-americanos de auxílio-desemprego, que subiram a 339 mil - acima da previsão de 332 mil. Os dados do Departamento de Trabalho americano reforçam a ideia de que as reduções dos estímulos à economia devem permanecer por mais tempo.

Tudo o que sabemos sobre:
Mercado de ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.