Commodity faz Bolsa de Tóquio cair 0,7%

Ausência de notícias positivas da economia global faz investidor andar cada vez mais de lado

Agencia Estado

29 de março de 2012 | 06h37

A Bolsa de Tóquio estendeu as perdas nesta quinta-feira, devido à ausência de notícias que impulsionassem o mercado, na sequência de decepcionantes dados econômicos no exterior. As ações da Tokyo Electron e de outras grandes exportadoras sensíveis a commodities se juntaram às da JFE Holdings e da Mitsubishi na liderança do declínio do mercado.

O Nikkei perdeu 67,78 pontos, ou 0,7%, e terminou aos 10.114,79 pontos, após baixa de também 0,7% na sessão de quarta-feira. O volume de negociações totalizou 1,99 bilhão de ações, abaixo da marca dos 2 bilhões de ações pela quinta vez nos últimos seis pregões, o que ilustra a diminuição do interesse do investidor.

"As expectativas de uma melhora na economia global e dos lucros das empresas japonesas estão agora, em grande parte, precificados", disse Kazuhiro Takahashi, gerente geral de estratégia de investimento e pesquisa da Daiwa Securities. "Sinais adicionais são necessários para uma subida maior do mercado de ações."

Na avaliação de Naoki Fujiwara, gestor de fundos da Shinkin Asset Management, os investidores estão cada vez mais andando de lado, à espera do encerramento do ano fiscal (na sexta-feira) e da decisão sobre o projeto de lei do governo que eleva o imposto sobre as vendas no Japão. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.