Comprar ações é realmente tornar-se sócio?

A ação é um título que corresponde ao direito de uma fração de uma companhia, representando parte do capital social. Podemos dizer que, se uma empresa vale R$ 100 mil e possui 100 mil ações, cada ação vale R$ 1. De forma genérica, este raciocínio serve para as várias formas de medir o valor da empresa e das ações. Como sócio com uma pequena parcela da empresa, você pode ter lucro, quando a empresa distribuir parte de seus lucros aos acionistas, na forma de dividendos ou de juros sobre o capital próprio. Mas se a empresa não lucrar, o acionista terá prejuízo por ter deixado de aplicar seu dinheiro em qualquer outra aplicação. Termina aí a semelhança entre acionista e sócio. O acionista não participa da definição do plano estratégico, não vota em relação à distribuição de dividendos e muitas vezes precisa brigar na Justiça para que seu direito seja respeitado.

Agencia Estado,

13 de janeiro de 2006 | 11h28

Tudo o que sabemos sobre:
cartilhaações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.