Conselho da Confab aprova compra de até 5% das ações PN a preço de mercado

Papéis serão mantidos em tesouraria para futura alienação ou cancelamento, sem redução do capital social

Agência Estado, da Agência Estado ,

21 de fevereiro de 2011 | 16h55

O conselho de administração da Confab aprovou, na última sexta-feira, um plano para a aquisição de até 12 milhões de ações PN, correspondendo a aproximadamente 5% do total dessa classe, excluídas as ações em tesouraria. O plano vigorará pelo prazo de 12 meses, com início em 01 de março e término em 28 de fevereiro de 2012. A operação será realizada no âmbito da Bolsa, com intermediação da Itaú Corretora.

De acordo com comunicado, as aquisições serão realizadas pelo valor de mercado das ações e serão custeadas exclusivamente com os recursos correspondentes ao saldo da conta de "reservas de lucros", apurado no balanço encerrado em 31 de dezembro. Os papéis serão mantidos em tesouraria para futura alienação ou cancelamento, sem redução do capital social.

Tudo o que sabemos sobre:
Confabconselhoaçõestesouraria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.