Conselho da Copasa aprova política de endividamento

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que, em reunião realizada na última sexta-feira (dia 28), o Conselho de Administração aprovou a Política de Endividamento da companhia. Ficou estabelecido que o limite para o endividamento líquido da Copasa deve ser igual ou inferior a 2,8 vezes o Ebitda, podendo chegar a três vezes, mediante autorização do Conselho.

Agência Estado,

31 de maio de 2010 | 18h48

 

A Política de Endividamento prevê ainda que o Ebitda deve ser superior a 1,7 vez o serviço da dívida. Além disso, as exigibilidades totais da Copasa devem ser iguais ou inferiores ao patrimônio líquido.

 

Tudo o que sabemos sobre:
açõesbolsaCopasasaneamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.