Conselho da Vale aprova OPA da Vale Fertilizantes

OPA compreende pagamento das ações, ao preço de R$ 25,00 por ação, tanto para ações ordinárias quanto para ações preferenciais, representando desembolso de até R$ 2,22 bilhões

Agência Estado,

30 de junho de 2011 | 19h35

O conselho de administração da Vale aprovou a proposta de oferta pública de aquisição (OPA) por sua controlada Mineração Naque S.A. de até 100% das ações de emissão de sua subsidiária Vale Fertilizantes em circulação no mercado, visando o posterior fechamento do capital.

A OPA compreende pagamento das ações em dinheiro, ao preço de R$ 25,00 por ação, tanto para ações ordinárias quanto para as ações preferenciais, representando desembolso total pela Vale de até R$ 2,22 bilhões. O preço de R$ 25,00 por ação implica em prêmio de 41% sobre o preço médio das ações preferenciais negociadas nos últimos 20 pregões da BM&FBovespa contados até a divulgação da proposta em 22 de junho de 2011.

As ações da Vale Fertilizantes em circulação no mercado representam 15,66% de seu capital total, sendo que as ações ordinárias constituem 0,09% do total das ações ordinárias e as ações preferenciais 31,77% do total de ações preferenciais emitidas pela Vale Fertilizantes.

Nos próximos dias, a Vale apresentará à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o pedido de registro da OPA e informará o mercado sobre a divulgação do respectivo laudo de avaliação da Vale Fertilizantes. Os detalhes da operação serão disponibilizados no edital preliminar a ser divulgado oportunamente.

Tudo o que sabemos sobre:
valeopafertilizantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.