Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Consumidor pagou em dezembro os maiores juros em quase três anos

Taxa média nas operações de crédito para pessoa física alcançou em dezembro o maior nível desde março de 2012, atingindo 6,30% ao mês

Carla Araújo, Agência Estado

12 de janeiro de 2015 | 18h34

A taxa média de juros nas operações de crédito para pessoa física alcançou em dezembro o maior nível desde março de 2012, ao passar de 6,14% ao mês em novembro para 6,30%, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (12) pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). Com o aumento, os juros médios ao consumidor passaram de 104,43% ao ano para 108,16% ao ano. Em março de 2012, a taxa média mensal era de 6,33% e a anual, de 108,87%.

Todas as linhas de crédito para pessoa física apresentaram elevação no mês de dezembro. A maior variação foi registrada no cheque especial, que passou de 8,56% ao mês (167,94% ao ano) em novembro para 8,92% ao mês (178,80% ao ano). A taxa é a maior desde setembro de 2003, quando os juros do cheque especial eram de 9,03% ao mês e 182,20% ao ano.


O cartão de crédito continua sendo a modalidade mais cara e no fim de 2014 registrou a maior taxa desde julho de 1999. Na passagem de novembro para dezembro houve alta de 10,90% ao mês (246,08% ao ano) para 11,22% ao mês (258,26% ao ano). Há 15 anos, a taxa era de 11,74% ao mês e 278,88% ao ano.

Para o coordenador da pesquisa e diretor executivo da Anefac, Miguel José Ribeiro de Oliveira, o aumento das taxas está relacionado à alta dos juros básicos (Selic) promovida pelo Banco Central. "Outro fator é o atual cenário econômico nacional, que sofre consequências das altas inflacionárias e da aplicação de juros maiores que implicam, diretamente, redução da renda familiar e aumento da inadimplência."

Pessoa Jurídica. Assim como para pessoas físicas, a pesquisa da Anefac mostra que as três linhas de crédito pesquisadas para pessoas jurídicas também apresentaram crescimento no mês de dezembro. A média geral das taxas de juros para pessoa jurídica passou de 3,49% ao mês (50,93% ao ano) em novembro para 3,54% ao mês (51,81% ao ano) em dezembro. Essa é a maior taxa desde junho de 2012.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Juroscartão de crédito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.