Correção: dólar comercial encerra em baixa de 0,23%

A nota enviada anteriormente contém erros. O dólar comercial fechou na mínima do dia, em queda de 0,23%, a R$ 2,131, e não em baixa de 0,19%, a R$ 2,132. Segue o texto corrigido: O dólar renovou as cotações mínimas durante a tarde acompanhando a renovação do recorde de pontuação da Bolsa paulista. Tanto no mercado interbancário (dólar comercial) quanto no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (dólar negociado à vista), a moeda norte-americana encerrou o dia valendo R$ 2,131, em baixa de 0,23%. Sem a referência dos mercados em Nova York, fechados hoje devido a um feriado nos Estados Unidos, a liquidez foi mais fraca no câmbio, o que também favoreceu o recuo das cotações. Segundo um operador, com o risco Brasil à tarde em 193 pontos base - muito perto da mínima histórica, de 192 pontos base registrada em 28 e 29 de dezembro/06 -, o mercado exibiu tranqüilidade neste primeiro dia útil de 2007. O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, registrou esta tarde, na máxima do dia, alta de 1,84%, para 45.292 pontos. No leilão de hoje, o Banco Central comprou dólar à taxa de corte de R$ 2,1335. Segundo um operador, pode ter sido aceita apenas uma proposta. As taxas declaradas oscilaram de R$ 2,133 a R$ 2,136.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.